quarta-feira, 30 de novembro de 2011

Novela de aquisição da USIMINAS pode não ter acabado

Minoritários da Confab são contra compra da Usiminas
ü  Acionistas minoritários da Confab iniciaram conversas para protestar contra a participação da empresa na aquisição de fatia do bloco de controle da Usiminas.
ü  A compra de 27,7% do capital da siderúrgica mineira pelo grupo Techint saiu por R$ 5 bilhões.
ü  Do total, R$ 4,1 bilhões virão de Ternium e Siderar.
ü  Os R$ 900 milhões restantes sairão da Confab, ligada à Tenaris, que, assim como a Ternium, é controlada pela Techint.
ü  A Confab ficará com 5% das ações ordinárias, ou 2,5% do capital - pagará R$ 36,00 por ação.
ü  A operação, segundo cálculos do Bank of America Merrill Lynch, saiu um múltiplo elevado, de 18 vezes o Ebtida para 2012.
ü  A intenção dos minoritários é unir posições para entrar com reclamação à CVM.

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Baixo volume, mas alta forte

Ibov diário

Em dia de baixo volume na Bovespa, a euforia tomou conta das bolsas pelo mundo afora.
Fim da crise? Início da reação rumo aos 100k pontos?
Impossível dizer, mas tudo indica que ainda é cedo para uma alta realmente mais consistente.
Enquanto isso, muitos papéis vão pedindo uma olhada com mais carinho.
FJTA4 talvez seja um deles.

Por falar em "olhada", alguém já deu uma olhada nas rodas MANGELS?
Abçs

USIMINAS

Ternium paga mais de R$ 5 bi e entra no bloco de controle da Usiminas
ü  A Ternium anunciou na noite de ontem a compra das participações acionárias dos grupos Camargo Corrêa e Votorantim na Usiminas.
ü  A empresa vai desembolsar mais de R$ 5 bilhões para, com isso, entrar no bloco de controle da siderúrgica.
ü  O acordo foi fechado a R$ 36 por ação.
ü  A compra será feita pela Ternium e suas coligadas, inclusive a Confab.
ü  Além disso, a Ternium e a Nippon Steel, que já pertence ao bloco de controle, comprarão parte das ações da Caixa dos Empregados da Usiminas.
ü  A Ternium é o braço siderúrgico do grupo Techint, de nacionalidade ítalo-argentina.
ü  Com isso, o bloco de controle da siderúrgica mineira ficará dividido entre Nippon, com 46,1% dos votos, Caixa dos Empregados, com 10,6%, e Ternium, com 43,3%.
ü  Fonte próxima à negociação diz que a venda não invalida o construção de uma usina da Ternium no Brasil, mais especificamente no Rio de Janeiro, com investimento avaliado em US$ 4,7 bilhões.
ü  O valor a ser pago pela Ternium, de cerca de R$ 36 por ação, representa um prêmio de mais de 80% sobre o preço de mercado dos papéis.
ü  A possível entrada da Ternium na Usiminas não foi bem recebida pelos investidores, que estavam descrentes quanto ao fechamento do negócio por causa do preço oferecido, considerado elevado. 

terça-feira, 22 de novembro de 2011

JBSS3

JBSS3 Diário

Essa foi barbada. Posição fácil, fácil.
Compra em 6,xx , 5,xx , 4,xx e 3,xx.
Começando as vendas em 6,00.

Novelinha "Intrader x Gradual Corretora" torra a paciência de clientes


Como se não bastasse ter que aturar a incompetência da Gradual como corretora e a insistência da Intrader na captação de clientes, agora ainda temos que aturar a caixa de emails com ofensas trocadas e repostas de uma e de outra.
Trocando em miúdos, a Gradual fala que descredenciou a Intrader por "picaretagem". A Intrader se defende e fala que "picareta" é a Gradual e manda links de punições sofridas pela corretora junto à CVM. A Gradual argumenta que a Intrader aborda clientes de maneira anti-ética. A Intrader responde que é vítima de golpe baixo, fruto do desespero da Gradual, que já amarga prejuízos de mais de 16 milhões desde 2010.

Ora. Deixem-nos em paz. Resolvam o problema de vocês pra lá. Eu, da minha parte, não quero contato nem com a Intrader, muito menos com a Gradual.

segunda-feira, 21 de novembro de 2011

CSN faz compras na bolsa e eleva fatia na Usiminas


ü  A CSN elevou sua participação no capital da Usiminas, passando a deter 20,14% das ações preferenciais e 11,66% das ordinárias.
ü  A Companhia Siderúrgica Nacional aumentou sua fatia por meio de aquisições no mercado.
ü  "A companhia continua avaliando alternativas estratégicas com relação a seu investimento na Usiminas".

sexta-feira, 18 de novembro de 2011

Forjas Taurus paga JSCP referente ao 2S11 => 10 centavos por ação = 5,85%

FORJAS TAURUS S.A.
COMPANHIA ABERTA BRASILEIRA
CNPJ  92.781.335/0001-02
NIRE  43 3 0000739 1
AVISO AOS ACIONISTAS
CRÉDITO DE JUROS SOBRE O CAPITAL PRÓPRIO

Comunicamos aos Senhores Acionistas que, em reunião realizada em 17-11-2011, o Conselho de Administração desta Companhia deliberou, “ad referendum” da próxima Assembléia Geral Ordinária, pagar aos acionistas a quantia de R$ 12.897.651,00, a título de juros sobre o capital próprio, observado o que segue:
1. Os juros, no valor bruto de R$ 0,10 por ação ordinária e preferencial, serão creditados em 17-11-2011, nos registros contábeis da Companhia, de forma individualizada a cada acionista, e serão imputados, ao dividendo obrigatório relativo ao exercício social de 2011, conforme facultado pela Lei nº 9.249/95 (art. 9º) e pelo Estatuto Social (art. 35, parágrafos 3º e 4º), beneficiando os acionistas titulares de ações ordinárias e preferenciais que se achavam inscritos junto à instituição financeira depositária das ações em 17-11-2011, excluídas as ações atualmente em tesouraria que não serão beneficiadas com essa distribuição.



Fonte: site da empresa

quinta-feira, 17 de novembro de 2011

LIGT3

Respondendo ao amigo que perguntou, os números da LIGT3 vieram um pouco "ruins", mas a empresa ainda é só alegrias. O sobe e desce do dia a dia é difícil explicar, mas se sua estratégia é de longo prazo, aí vão os números do 3T11 pra sua tomada de decisões.


A receita líquida consolidada reportada de R$1.426 milhões, ficou estável (+0,5%) na comparação 3T11/ 3T10
A receita líquida da distribuição no 3T11 aumentou 2,1%, em função do crescimento de volume de energia distribuída (+3%).
No segmento de geração, a receita líquida de R$83 milhões ficou em linha com a receita do 3T10.
No segmento de comercialização, a receita do 3T11 declinou 34% em  relação ao 3T10.
Por outro lado, custos e despesas operacionais consolidados aumentaram no 3T11 (+14,5%), com destaque para a energia comprada para revenda (+14%), encargos de transmissão (+11%) e provisões (+280%).
Como resultado do aumento de custos, o EBITDA de R$240 milhões ficou  38% menor na comparação do 3T11/ 3T10
Além disso, o resultado financeiro negativo aumentou de R$59 milhões (3T10) para R$144milhões .

Agrenco AGEN11: a canoa está afundando?

A Agrenco (AGEN11), considerando sua situação financeira, e depois do plano de recuperação promovido junto aos credores não ser aceito, informou ontem que irá demitir 85% de seus funcionários com a intenção de manter somente as funções básicas e administrativas, sendo necessária a paralisação total das atividades fabris. No entanto, apesar de a notícia parecer o fim da companhia, a administração poderia estar preparando o terreno para um possível arrendamento de suas fábricas, o que traria um importante fluxo de caixa livre de riscos para a empresa no momento. Ao manter suas funções mínimas de operação a Agrenco poderia também facilitar uma proposta de aquisição. Vale lembrar que o principal negócio da companhia, o processamento da soja, é de grande interesse a outras nações em desenvolvimento, principalmente aos asiáticos.

quarta-feira, 16 de novembro de 2011

Recesso de Oi vale para 'inquilinos' das ações

ü  A Oi esclareceu na segunda-feira a questão do aluguel de ações e do direito de recesso, por conta da reestruturação societária do grupo.
ü  A solução está em linha com a informação que havia sido divulgada em 24 de maio: o direito de retirada será dos acionistas de Telemar Norte Leste PNA e Tele Norte Leste ON que tinham a titularidade das ações no dia anterior (23) e que a mantiveram ininterruptamente até a data efetiva do exercício desse benefício.
ü  Dúvidas com relação a esse assunto vinham impulsionando os negócios com os papéis da companhia.
ü  A justificativa é que poucas vezes o direito de retirada de uma operação é financeiramente tão atrativo como deve ser no caso da reorganização.
ü  A expectativa é que o pagamento para os donos de ações ordinárias da Tele Norte Leste (TNL) fique perto de R$ 29 - na bolsa, os papéis valem R$ 21,10 - e em torno de R$ 70 para os que têm PNA da Telemar Norte Leste (Tmar) - comparado aos R$ 54 em bolsa.
ü  O direito de retirada existe por conta das incorporações que ocorrerão para que reste apenas a Brasil Telecom como companhia aberta com registro em bolsa, com duas espécies de ações.
ü  Dois tipos de investidores têm direito ao recesso: aqueles que tinham as ações e não mexeram nelas desde que a operação foi comunicada ao mercado e aqueles que tinham posição alugada na ocasião e mantiveram essa situação.
ü  Essa solução foi adotada porque a Oi decidiu que o direito seria pago conforme a "titularidade" das ações. E a titularidade se altera com o aluguel: passa do doador ao tomador.

sexta-feira, 11 de novembro de 2011

Fechamento semanal: mais indefinição e nervosismo

Ibov semanal

Em outra semana de baixo volume e alta volatilidade, a bolsa brasileira foi pra cima, foi pra baixo, mas no final das contas terminou praticamente no mesmo lugar, com baixa de apenas 0,2%.


Então compra! 

Agrenco - AGEN11


·         Sem acordo com credores, Agrenco paralisa operações

ü  Em reunião de credores realizada na quinta-feira, "os credores das subsidiárias da Agrenco informaram não ter interesse na realização de aportes no fundo de investimento em participações, apesar das sucessivas rodadas de negociação", destacou a empresa.
ü  Este fundo de investimentos, por sua vez, capitalizaria uma sociedade de propósito específico que seria responsável pela aquisição de matérias primas para industrialização nas plantas de Alto Araguaia e Caarapó e posterior colocação destes produtos no mercado.
ü  O fundo de investimento em participações e sua controlada não seriam integrantes da estrutura da Agrenco, de forma a minimizar os riscos decorrentes dos débitos e contingências das controladas indiretas da Agrenco.
ü  O objetivo da estrutura proposta era permitir que as plantas de Alto Araguaia e Caarapó operassem já na safra de 2011/2012.
ü  "Apesar dos esforços realizados pela administração, também não foi possível, até este momento, identificar investidores interessados na capitalização do fundo de investimento em participações".
ü  Sem uma solução, a administração das subsidiárias paralisará, a partir desta data, as fábricas e promoverá o desligamento de parte de seus colaboradores.
Ø  AGEN11 cai -15,0%

Positivo Informática explodiu - resultados do 3T11



ü  Crescimento de 33,9% nas vendas de PCs sob as marcas Positivo e Positivo BGH:
o   +13,5% no mercado de varejo;
o   +82,0% no mercado de governo;
o   +59,3% no mercado corporativo;
o   +131,0% em notebooks, que representaram 72,0% das vendas de PCs do período;
ü  Vendas nos 9M11 já totalizam 1,610 milhão de PCs;
ü  EBITDA de R$ 24,8 milhões (+9,9%) e margem EBITDA de 5,1% (+1,4 p.p.);
ü  Geração operacional de caixa de R$ 71,4 milhões, recorde para um terceiro trimestre;
ü  Redução de R$ 55,6 milhões na dívida líquida em relação ao 2T11;



Ø  “No 3T11, a Positivo Informática direcionou esforços para manter sua trajetória de crescimento em volume de vendas no mercado de varejo brasileiro, bem como para capturar a expansão originada por empresas SMB, contribuindo para elevar em 53,8% as vendas para o mercado corporativo nos 9M11 em relação ao mesmo período de 2010. As vendas para clientes do governo brasileiro apresentaram recuperação, conforme esperado pela companhia, alcançando volume de 244,8 mil unidades nos primeiros nove meses do ano. A atual estimativa de entregas para o mercado doméstico de governo é de aproximadamente 380 mil PCs em 2011 e contempla 170 mil unidades do Programa Um Computador por Aluno (PROUCA), projeto que sofreu um deslocamento de volume estimado em cerca de 80 mil unidades para o ano de 2012.”

quarta-feira, 9 de novembro de 2011

Corretora de valores: postura elogiável


O blog, destinado que é ao pequeno investidor pessoa física, não só aponta as falhas das corretoras fracas ou picaretas, mas também tem o prazer de elogiar quando a corretora demonstra uma responsabilidade para com seu cliente.

É de se elogiar a postura da corretora Win, que mantém uma coerência em suas carteiras recomendadas mensais.

Sem entrar no mérito se os cinco papéis sugeridos pela corretora são ou não os mais adequados, é de se admirar que uma corretora se diferencie de tantas outras, que em sua ânsia de fazer seu cliente girar feito um perú tonto em véspera de Natal, mudam suas carteiras sugeridas todo mês ou, em alguns casos, toda semana. É sabido que muitas corretoras estão trabalhando no vermelho (por incompetência de gestão delas próprias e não por culpa do investidor pessoa física); portanto é até compreensível que, numa tentativa altamente questionável do ponto de vista ético, muitas tentam induzir seus clientes a comprar e vender suas ações e trocá-las freneticamente sem que o panorama econômico ou expectativa das mesmas tenha se alterado.

Portanto, amigo pequeno investidor, se sua corretora muda quase todos os papéis das suas carteiras recomendadas com certa frequência, procure investigar qual das duas razões principais estão motivando essa conduta:

- Falta de conhecimento do que estão fazendo (se eles indicam 10 papéis em outubro e em novembro aqueles 10 papéis se tornam ruins, é pq eles não tinham a mínima noção do que estavam fazendo, concorda?)

- Má fé, tentativa de pagar as contas às custas do giro do cliente pessoa física. Em português claro: PICARETAGEM!!!

Em qualquer dos casos: ou pule fora dessa corretora ou nem leia essas recomendações.

terça-feira, 8 de novembro de 2011

Usiminas divulga resultados do 3T11

ü  As vendas de produtos siderúrgicos atingiram 1,4 milhão de toneladas;
ü  A produção de minério de ferro alcançou 1,6 milhão de toneladas;
ü  A receita líquida foi de R$3,0 bilhões, estável quando comparada à receita do 2T11;
ü  Os custos dos produtos vendidos totalizaram R$2,7 bilhões, mantendo-se estável;
ü  O EBITDA totalizou R$343,3 milhões e a margem EBITDA foi de 11,5%;
ü  O Lucro líquido foi de R$154 milhões
ü  A posição de caixa em 30/09/11 era de R$5,5 bilhões;
ü  O índice dívida líquida/EBITDA em 30/09/2011 era de 2,5 vezes;
ü  Os investimentos totalizaram R$688 milhões.



Ø  “Os resultados do trimestre foram afetados pelo menor volume de vendas e pela continuidade da pressão dos custos das principais matérias-primas. A Usiminas manteve a sua estratégia de priorizar a eficiência e ampliar a sua competitividade, dentre elas, a redução da dependência de seus principais insumos e ampliação da oferta de produtos de maior valor agregado, ao longo de 2011. Foram verificadas oportunidades de redução de custos e ganhos de eficiência, além de ações não operacionais, que passaram a ser o foco da agenda de criação de valor da companhia. Através de uma reestruturação organizacional, a empresa reduziu seus níveis hierárquicos para quatro níveis de forma a tornar seus processos mais ágeis e desburocratizados. Adicionalmente, foi realizada uma criteriosa revisão de todos os seus contratos com terceiros. Estas ações contribuirão para uma redução das despesas gerais e administrativas no montante de aproximadamente R$100 milhões por ano a partir de 2012.”

segunda-feira, 7 de novembro de 2011

AVISO AOS ACIONISTAS

BANESTES S.A. - BANCO DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO
CNPJ/MF 28.127.603/0001-78 - NIRE 32300000703
Companhia Aberta

AVISO AOS ACIONISTAS

O  Banestes S.A. – Banco do Estado do Espírito Santo (“Companhia”) comunica aos seus acionistas e ao mercado em geral que, em prosseguimento à reestruturação societária objeto do Fato Relevante divulgado em 12/08/2011,  foi convocada reunião da Diretoria, a realizar-se no dia 09.11.2011, onde o aludido órgão se manifestará, previamente à deliberação da Assembleia Geral, acerca da nomeação e contratação
da Apsis Consultoria Empresarial Ltda. (“Apsis”) para realizar a avaliação do patrimônio líquido, a valor contábil, da Companhia e de suas controladas Banestes Seguros S.A. e Banestes Distribuidora de Títulos e Valores Mobiliários S.A., critério este que balizará a relação de troca entre as ações das companhias envolvidas na referida reestruturação.
Acaso recomendada, pela Diretoria, a contratação da Apsis, o assunto será levado ao Conselho de Administração, em reunião a ser realizada em 11/11/2011, que, no uso da competência que lhe é atribuída pelo art. 31, XII, do Estatuto Social da Companhia, manifestar-se-á, previamente à submissão  aos acionistas, acerca da matéria. Em se manifestando favoravelmente à nomeação e contratação da Apsis, decidirá o Conselho de Administração, naquela mesma reunião, sobre a convocação de Assembleia Geral a fim de deliberar, em caráter definitivo, sobre a nomeação e contratação da Apsis, nos termos do art. 8° da Lei n° 6.404/76.
Ficam, dessa forma, os acionistas e o mercado informados de que na aludida ata de Reunião do Conselho de Administração, constará o dia e hora em que será realizada a mencionada Assembleia de Acionistas. Esse documento estará a disposição no website da CVM  www.cvm.gov.br e no website de RI da Companhia
www.banestes.com.br/ri,  no dia 11/11/2011, após o fechamento do mercado.

Espírito Santo, 07 de novembro de 2011.
Ranieri Feres Doellinger
Diretor de Relações com Investidores

BEES3 - Olho vivo!

BEES3 Diario

...Quem espera sempre alcança. 
...Antes tarde do que nunca. 
...Água mole em pedra dura, tanto bate até que fura.


Olhem a MAGG3 também.

sábado, 5 de novembro de 2011

Fechamento da semana

Ibov semanal

Semana de grande volatilidade. Pela lado positivo, o Ibov não perdeu, em fechamento, a resistência rompida pelo candle da semana passada.
Pelo lado negativo, continuamos reféns do nhen-nhen-nhen que vem da Europa e Grécia.

Destaques semanais

terça-feira, 1 de novembro de 2011

Volatilidade explodindo

Nada de novo.
Períodos nervosos => a volatilidade é alta mesmo.


Sugestão de leitura => A fuga das pessoas físicas da bolsa de valores na revista EXAME.