segunda-feira, 28 de novembro de 2011

USIMINAS

Ternium paga mais de R$ 5 bi e entra no bloco de controle da Usiminas
ü  A Ternium anunciou na noite de ontem a compra das participações acionárias dos grupos Camargo Corrêa e Votorantim na Usiminas.
ü  A empresa vai desembolsar mais de R$ 5 bilhões para, com isso, entrar no bloco de controle da siderúrgica.
ü  O acordo foi fechado a R$ 36 por ação.
ü  A compra será feita pela Ternium e suas coligadas, inclusive a Confab.
ü  Além disso, a Ternium e a Nippon Steel, que já pertence ao bloco de controle, comprarão parte das ações da Caixa dos Empregados da Usiminas.
ü  A Ternium é o braço siderúrgico do grupo Techint, de nacionalidade ítalo-argentina.
ü  Com isso, o bloco de controle da siderúrgica mineira ficará dividido entre Nippon, com 46,1% dos votos, Caixa dos Empregados, com 10,6%, e Ternium, com 43,3%.
ü  Fonte próxima à negociação diz que a venda não invalida o construção de uma usina da Ternium no Brasil, mais especificamente no Rio de Janeiro, com investimento avaliado em US$ 4,7 bilhões.
ü  O valor a ser pago pela Ternium, de cerca de R$ 36 por ação, representa um prêmio de mais de 80% sobre o preço de mercado dos papéis.
ü  A possível entrada da Ternium na Usiminas não foi bem recebida pelos investidores, que estavam descrentes quanto ao fechamento do negócio por causa do preço oferecido, considerado elevado. 

5 comentários:

esilva disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
saimon disse...

eai chapuleta, será que é valido trocar acoes da usim PN por ON???

Finanças Inteligentes disse...

Foram espertos porque deram umas porradas no papel antes de sair o acordo.

Hermenegildo Chapuleta disse...

Opa
Saimon
Não acho que seja uma boa trocar PNA por ON neste momento. As ações continuam com um spread muito divergente da média histórica. Acredito (oq não quer dizer muita coisa) que a tendência ao longo do tempo a diferença de valor entre as duas classes de ações da USIMINAS diminuir.
Abçs

Santos disse...

Já começou a diminuir.