terça-feira, 26 de julho de 2011

Viciados em mercado

Recebi por email e achei interessante:

Diálogo fictício ouvido num consultório de um terapeuta:

Paciente: “Doutor, preciso de ajuda!
Não consigo passar um dia sem olhar o mercado de ações. Pior: não consigo ficar um só dia sem fazer uma operação. Tem mais: almoço em frente do computador para não perder nenhum movimento das 315 ações que acompanho. Meu canal favorito de TV atualmente é a Bloomberg. Ah, lembrei: de noite fico procurando dicas nos fóruns. Adoro estes papéis com baixa liquidez. Eu chamo de micro caps, mas muitos chamam de mico caps… não ligo, sei que neles é que eu vou ficar rico.
Já que estou me abrindo com o senhor tenho só mais uns desabafos: acumulo perdas desde a crise de 2008. Em 2009 eu tinha certeza que o mercado ia cair ainda mais e fiquei esperando pra comprar com o Ibovespa nos 10 mil pontos. Acabou que não chegou até lá. Pior: operei vendido a descoberto em 2009, apostando na queda, mas o mercado não parava de subir! Todos os analistas diziam que ia subir um pouco para depois cair com mais força, mas nada disso aconteceu. Quando resolvi virar a mão e apostei na compra, os meus papéis não subiram como os outros. Por que isso só acontece comigo, doutor?
Minha auto-estima está destruída, minha conta quase zerada, meus amigos de quem eu administrava o dinheiro não falam direito comigo. Acho que vou ser mais arrojado e operar opções pra recuperar em pouco tempo o capital perdido. Em três ou quatro meses recupero tudo e ainda saio com lucro. O que você acha, doutor? Aliás, o senhor não teria alguma dica quente?”
Doutor: “O diagnóstico é claro. O senhor está viciado em mercado. Não olhar as ações seria quase como não beber água, não é? E é falsa a sua ilusão de que trabalho duro no mercado de ações significa ficar horas olhando uma tela com gráficos e luzes piscando o dia todo. O trabalho deve ser intelectual, não braçal. Operar bem não quer dizer operar muito. O senhor está tão envolvido no tiroteio, olhando apenas uma pequena cena, que não é capaz de enxergar todo o filme.
Não consegue mais usar o racional, está machucado e com desejo de vingança. Acha que o mercado o tratou mal e agora quer sangue. Entrou na ilusão de que aquele dinheiro perdido poderá ser recuperado em pouco tempo. Aquele dinheiro não vai voltar. Mesmo que ganhe daqui pra frente ainda mais do que perdeu, este é um dinheiro novo. Aquele foi perdido, esqueça-o.
E o mercado não tem qualquer sentimento. Não enxerga quem está na ponta da compra ou da venda. E, definitivamente, não existe uma teoria conspiratória para tomar seu dinheiro.
O senhor, ao deixar esta consulta, deve parar e ajustar o foco. Ficar um tempo sem sequer olhar a bolsa, computador desligado. Estudar. Rever seus métodos. Voltar ao básico. Alongar seus prazos. Operar com menos capital. As quedas mexeram não só na sua carteira mas na sua auto-estima. Quanto mais operar mais erros irá cometer. Vai demorar um tempo até se recuperar psicologicamente…
Para finalizar, lembre-se que os viciados em mercado morrem rapidamente de overdose.
Volte daqui a um mês. Consulta grátis. Até porque, se o senhor não reavaliar sua vida na bolsa, não terá mesmo dinheiro para pagar a sessão…

5 comentários:

saimon disse...

hehehe boa... olhe esses fundamentos nos precos atuais:

valeu5 - P/L 6,44 LPA 7,17
P/VP 2,02 VPA 22,87

petr4 - P/L 8,03 LPA 2,95
P/VP 0,98 VPA 24,13

elpl4 - P/L 4,08 LPA 8,80
p/VP 1,49 VPA24,10

alguem sabe me explikar o que tem de ruim?!?! entao Compra!!!

B. Graham disse...

rompeu 58630...preocupação no ar

Hermenegildo Chapuleta disse...

FERRO!
Enquanto isso, COPASA (CSMG3) continua numa boa!

Sélito Baschirotto disse...

Seria cômico se não fosse trájico, tem muita gente que já ficou nesse estágio. Chapuleta adoro a sua forma irreverente de olhar o mercado. O blog é muito bom e tá ixprudindo na net!
Abração.

Hermenegildo Chapuleta disse...

Obrigado Sélito. Seja sempre muito bem-vindo.
Abçs